Santa Cruz pode receber público acima de 40 mil após quatro anos; relembre a última vez

PUBLICIDADE

O cenário de um Arruda com casa cheia está cada vez menos fresco na memória do torcedor do Santa Cruz. A última vez que o estádio recebeu um público superior a 40 mil — o que deve acontecer no proximo domingo (7), contra o Tocantinópolis —, foi em agosto de 2018. Na ocasião, o Mais Querido contou com o apoio 49.476 mil torcedores na vitória sobre o Operário por 1 a 0, pelas quartas de final na Série C.

Há três anos, o Santa entrava em campo com o apoio em massa da torcida para encaminhar sua volta à Série B do Brasileiro. Em campo, o time contava com alguns ídolos do torcedor das três cores, casos do lateral-direito Vitor, do zagueiro Danny Morais, e do atacante Pipico. O treinador, à época, era Roberto Fernandes.

O sonho do acesso à Segundona, entretanto, ficou pelo caminho. Isso porque, na partida de volta, os paranenses triunfaram por 3 a 0 e carimbaram vaga na Série B de 2020 ao terminar a competição entre os quatro melhores colocados. Na ida, Vitor havia marcado o único gol coral no mata-mata, enquanto o Fantasma levou a melhor em Ponta Grossa-PR com tentos de Alisson, Schumacher e Dione.

Questionado pela Rádio Clube sobre a possibilidade de um Arruda lotado contra o Tocantinópolis, o presidente do Tricolor, Antônio Luiz Neto, preferiu não estipular números sobre a atual capacidade do estádio.

“O Arruda tem uma capacidade plena para mais de 60 mil espectadores. Entretanto, o Corpo de Bombeiros fez algumas exigências, que nós estamos cumprindo. Estamos prezando sempre pela segurança do nosso torcedor. A gente não quer chegar em números não, porque eles (Bombeiros) que vão colocar no anel superior. Ainda não sabemos de fato”, pontuou o mandatário em entrevista à Jorge Soares.

Do Esportes DP. Foto: Nando Chiappetta

PUBLICIDADE