Governo de Pernambuco altera decreto e Arruda pode ter aumento de capacidade

PUBLICIDADE

O Governo de Pernambuco alterou, nesta quinta-feira (4), o decreto sobre as regras do código de incêndio para estádios de futebol. Desta forma, o Arruda poderá ter um aumento da capacidade para o jogo do Santa Cruz contra o Tocantinópolis, domingo, às 16h, pela Série D do Campeonato Brasileiro.

A expectativa da diretoria coral é de que o Corpo de Bombeiros realize uma nova vistoria já com a flexibilização das medidas. Assim, o anel superior do estádio pode ser liberado para receber público.

Atualmente, o Arruda pode ter um público de até 20 mil torcedores. Com a ampliação, o clube espera ter a capacidade máxima de 60.044 presentes.

Tentativas de liberação do Arruda
Essa não é a primeira vez que as vistorias do Corpo de Bombeiros no estádio do Arruda viram notícia nesta temporada. Quando os laudos foram concedidos para o retorno da torcida ao estádio, o Arruda já estava há mais de dois anos sem a torcida coral na arquibancada

Entre o início do ano e a liberação para o retorno da torcida, o estádio passou por uma série de vistorias técnicas de órgãos como Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. E foram muitos ajustes necessários para liberar o estádio, em março, para 7.200 pessoas.

Menos de um mês depois, no início de abril, veio a atual limitação de público. Dentro dela, o estádio do Santa Cruz pôde receber 20 mil pessoas: 5.000 nas sociais, 5.500 na frontal, 3.500 na arquibancada do canal, 500 nos camarotes, 2.500 nos visitantes e 3.000 nas cadeiras cativas.

E, neste formato, o Santa Cruz recebeu bons públicos na Série D. Contra o ASA, foram 19.955 corais; contra o Sergipe, 19.999; e contra o Jacuipense, lotação máxima: 20 mil.

O Tricolor agora aguarda ter a capacidade máxima do Arruda para quebrar o recorde de público na Série D. No último final de semana, o América-RN levou mais de 24 mil torcedores para a Arena das Dunas.

Do NE45

PUBLICIDADE