Adversário do Santa Cruz no próximo sábado, Lagarto perdeu apenas uma partida na Série D

PUBLICIDADE

A pressão é coral. No próximo sábado, no Arruda, o Santa Cruz enfrenta o Lagarto ainda em busca de se garantir no mata-mata da Série D. Em jogo, a missão de poder seguir acreditando no acesso de divisão, principal objetivo do clube no ano. Do outro lado, a situação dos sergipanos, no entanto, é das mais confortáveis. Atual líder da chave e classificado, o Verdão se preocupa apenas em definir posição na tabela. Além de, claro, dar sequência à ótima campanha feita até o momento. 

Isso porque, se passou por rodadas de instabilidade, no início da fase de grupos, o Lagarto reagiu, se colocou entre os quatro melhores classificados e não saiu mais de lá. Hoje, lutando pela liderança com o ASA, atual vice-líder, com 22 pontos, a equipe sergipana prova ter encontrardo o equilíbrio. Em números e rendimento. Ao mesmo tempo em que é dono do ataque mais positivo do Grupo 4, tem também a defesa menos vazada. Balançou as redes em 22 oportunidades e levou 11 gols.

Na positiva caminhada, apenas uma derrota. E o revés foi acontecer somente na nona rodada, já no segundo turno, no 1 a 0 contra o Juazeirense. De lá para cá, quatro jogos, saindo vitorioso em três deles. No último, inclusive, quando selou classificação antecipada ao mata-mata, venceu o Atlético-BA com autoridade, por 4 a 1, em Sergipe.

Na engrenagem do time, um dos destaques é o atacante Lucas. Artilheiro do Verdão na competição com sete gols, o jogador é a esperança da equipe na busca pelo acesso. E, para além da boa quantidade de vezes em que balançou as redes, Lucas apareceu em momentos importantes. Na recente vitória por goleada, por exemplo, o Lagarto saiu atrás do placar. Ele foi o autor do tento da virada, que encaminou a contagem elástica.

Do Esportes DP. Foto: divulgação Lagarto

PUBLICIDADE