Se passar de fase, Santa Cruz pode fazer duelo pernambucano contra o Retrô na Série D

PUBLICIDADE

O cenário da última rodada da fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro promete altas emoções para o torcedor do Santa Cruz. Afinal, com 18 pontos, o Tricolor do Arruda depende de uma vitória em casa contra o líder do Grupo A4, Lagarto, para se classificar ao mata-mata do torneio. E, caso tenha sucesso no próximo sábado (16), às 16h, a Cobra-coral deve encarar o Retrô, líder isolado do Grupo A3.

Para evitar tal confronto, o Santa Cruz precisa vencer o time sergipano e torcer para o Jacuipense ser derrotado pelo Sergipe. Além disso, a diferença de sete gols entre os clubes precisa ser revertida para a Cobra se classificar na terceira colocação do grupo. Por isso, a tendência é que, em caso de sucesso coral nesta fase de grupos, o primeiro embate pelo mata-mata seja diante do conterrâneo Retrô, que tem 30 pontos conquistados em 39 possíveis na fase inicial.

Nesta temporada, em partida válida pelo Campeonato Pernambucano, os dois times que representam o estado na Série D do Brasileirão se enfrentaram. No estádio do Arruda, a Fênix de Camaragibe triunfou, com facilidade, por 4 a 0 diante da Cobra-coral. Anteriormente, nas temporadas 2021 e 2020, o Tricolor venceu as duas partidas.

Com a derrota por 2 a 0 diante do ASA, neste domingo (10), o Santa Cruz precisa, mais do que nunca, vencer nesta Série D. Apesar do cenário dificultoso, Marcelo Martelotte, após o revés de ontem, se mostrou confiante para triunfar na última rodada da fase de grupos.

“Você tem que reagir à derrota. Existe uma primeira reação, que é a de frustração, até porque a gente se preparou para um resultado positivo. Saímos para buscar uma vitória. E a segunda reação é de entender que a gente transferiu uma decisão para o jogo da semana que vem. A gente precisa reagir a essa derrota, jogar de uma maneira diferente e encarar os 90 minutos em uma intensidade diferente. É um jogo que não nos dá mais margem para erro”, avaliou.

DO ESPORTES DP. FOTO: RAFAEL VIEIRA

PUBLICIDADE