Santa Cruz oficializa retorno do meia Chiquinho

PUBLICIDADE

Agora é oficial. Na noite desta terça-feira (5), por meio de um ‘Tinder Coral’, o Santa Cruz oficializou o retorno do meia Chiquinho, que chega com status de principal jogador do clube para a sequência da Série D do Campeonato Brasileiro.

Novo reforço coral, o meia é aguardado nesta quarta-feira no Arruda, onde passará por exames médicos e assinará contrato até o fim da Série D, mas com a possibilidade de renovar para a temporada 2023. O anúncio da contratação de Chiquinho, inclusive, foi bastante criativo.

Apesar de chegar ao Arruda nesta quarta-feira, porém, Chiquinho só poderá atuar pelo Tricolor a partir do dia 18 de julho, tendo em vista que se trata de uma transferência internacional. Antes de voltar para a Cobra Coral, o meia estava no Dibba Al Fujairah, dos Emirados Árabes, onde fez 13 gols em 27 partidas.

Dessa forma, Chiquinho só poderá atuar no Santa Cruz caso o Tricolor confirme a vaga no mata-mata da Série D, o que está próximo de acontecer.

Chiquinho no Santa Cruz
Cria do Atlético-MG, Chiquinho passou por Tupi, Coimbra, Ipatinga, Nova Iguaçu, Corinthians, Ponte Preta, Fluminense, Santos, Flamengo, Shonan Bellmare (JAP), Oita Trinita (JAP), São Caetano, Coritiba, Maizhou Hakka (CHN) e Vitória, antes de chegar ao Santa Cruz.

Sua 1ª passagem no Arruda começou em fevereiro de 2020 e foi até junho do ano passado. Ao todo, ele defendeu o Tricolor em 46 jogos, com 14 gols marcados.

Ele foi um dos principais destaques corais na campanha da Série C de 2020. Naquela oportunidade, o Santa Cruz dominou a 1ª fase da competição, mas acabou perdendo a disputa pelo acesso na 2ª fase de grupos.

Há um ano, a saída de Chiquinho aconteceu por causa de uma proposta do Dibba Al Fujairah, dos Emirados Árabes Unidos. No Oriente Médio, ele foi campeão da 2ª Divisão local e garantiu o acesso. Foram 27 jogos e 13 gols na campanha.

Do NE45. Foto: Rafael Melo

PUBLICIDADE