Série D – Santa Cruz x Juazeirense/BA – 16h – Arruda – Recife

PUBLICIDADE
Dos 22 jogos que o Santa Cruz realizou até aqui na temporada, nenhum dele possui o mesmo peso decisivo que o deste domingo. Contra a Juazeirense, às 16h no Arruda, ainda que não garanta matematicamente a vaga, o Tricolor pode dar um grande passo para encaminhar a classificação na Série D em caso de vitória, superando o início conturbado. Cenário que torna a partida na primeira ‘grande decisão’ do Tricolor na competição. E vencer é necessário, para que essa seja apenas a primeira das que possam vir, sobretudo no mata-mata.

Afinal, em caso de vitória, o Santa Cruz pode abrir cinco pontos de vantagem contra a própria Juazeirense. O que num cenário com seis pontos a disputar em sequência, deixaria o time coral a apenas um passo da classificação. E mais ainda, a depender dos demais resultados da rodada, pode eliminar de uma só vez Atlético-BA, CSE e Sergipe, polarizando a disputa até o final da fase de grupos.
Com foco nesse sentido, o técnico Marcelo Martelotte destacou que durante a semana trabalhou a mentalidade dos atletas, incutindo a importância dos três pontos disputados no Arruda contra a equipe baiana.
“Apesar da gente ter melhorado a nossa situação e vislumbrar uma maior possibilidade de classificação, a gente tem que continuar pensando jogo a jogo. Esse jogo é muito importante e não dá para ficar trabalhando o jogo seguinte ou a sequência que a gente ainda tem para buscar a classificação. A gente pode conquistar (a vaga), passa por esse jogo. Então, nessa semana muito foi conversado e a gente trabalhou em cima desse resultado”, apontou, antes de reforçar. “Precisamos muito da vitória, que aí sim a gente encaminha bem essa classificação. Dá para pensar um pouco mais nos dois jogos seguintes, assim como na sequência do campeonato.”
Para organizar a equipe, a intenção de Martelotte é manter a escalação inicial da vitória da última segunda-feira, sobre o Atlético-BA. Essa, a propósito, se confirmada a decisão do treinador, cravaria a primeira repetição de escalação em sua nova passagem pelo clube nesta temporada. Em sete jogos pela Série D, Martelotte ainda não repetiu o time, e acenou pela manutenção dos onze iniciais. “Se não estivéssemos nessa situação, estivéssemos mais tranquilos, a gente poderia até buscar outras formações, outras ideias, para utilizar mais à frente”, justificou.
FICHA DO JOGO
Santa Cruz
Jefferson; Edson Ratinho, Alemão, Luan Bueno e Dudu Mandai; Gilberto, Daniel Pereira e Wescley; Hugo Cabral, Matheuzinho e Rafael Furtado. Técnico: Marcelo Martelotte.
Juazeirense
Rodrigo Calaça; Dadinha, Eduardo, Wendell e Thalison; Waguinho, Guilherme Escuro, Clebson e Ian; Deysinho e Thauan. Técnico: Agnaldo Luz.
Local: Arruda
Hora: 16h
Ingressos: R$ 40 (canal) e R$ 60 (escudo)
Arbitragem: Rafael Odilio Ramos dos Santos (MT)
Assistentes: Ricardo dos Santos Junior e José Romão Neto (PE)
Do Esportes DP. Foto: Rafael Vieira
PUBLICIDADE