Kieza tem lesão grau 2 na coxa direita e desfalca o Náutico por até 4 semanas

PUBLICIDADE

O pior aconteceu. Após a realização de um exame de imagem na manhã desta terça-feira, o Náutico confirmou a lesão grau 2 na coxa direita do atacante Kieza, que ficará fora dos gramados por até quatro semanas.

“Após exame de imagem, foi constatada uma lesão grau 2 no músculo posterior da coxa direita do atacante Kieza. A lesão é do lado oposto a última que o afastou dos gramados nas últimas semanas – esta aconteceu na coxa esquerda. O tempo de recuperação previsto é de 3 a 4 semanas”, escreveu o Náutico.

Kieza tem lesão grau 2 na coxa direita e desfalca o Náutico por até 4 semanas
Foto: Tiago Caldas/ CNC

Kieza se reapresentou na última segunda-feira se queixando de dores na posterior da coxa direita. Antes do clássico ante o Sport, onde jogou por cerca de 60 minutos, o centroavante não entrava em campo pelo Náutico desde o dia 21 de abril, quando foi titular na partida ante o Retrô, na ida da final do Campeonato Pernambucano, onde o Timbu perdeu por 1 a 0.

Na entrevista após a partida contra o Sport, o técnico Roberto Fernandes falou sobre a utilização de Kieza no clássico. O comandante, inclusive, revelou que foi aconselhado para não voltar com o jogador para o 2º tempo, mas conversou com o atacante durante o intervalo e manteve o centroavante no time titular.

“A (substituição) do Kieza, por exemplo, fui aconselhado para nem voltar com ele para o 2º tempo, porque o atleta estava desgastado, já estava sentindo dores localizadas. Mas aí eu conversei com Kieza e disse: Kieza, vamos para mais 10 minutos”, disse Roberto.

“Mas aí, depois da última ação dele antes de sair, ele olhou para mim e fez o gesto da substituição. Aí não tem o que fazer. O Kieza a gente sabia que não aguentaria mais de 60 minutos, isso era notório”, completou Roberto.

Sendo assim, Kieza desfalca o Náutico já neste domingo, ante o Tombense, pela Série B. A tendência é de que Amarildo, que entrou no lugar do atacante no clássico, seja o escolhido por Roberto Fernandes para iniciar.

Histórico de lesões de Kieza no Náutico

Fazendo um recorte de lesões de Kieza no Timbu desde a Série B do ano passado, o atacante teve uma ruptura no tendão em julho de 2021, o que o tirou dos gramados por cerca de sete meses – e consequentemente da Segundona do ano passado.

Em fevereiro deste ano, teve uma contusão grau 3 na coxa, o que tirou o jogador por cerca de dois meses dos gramados. Em abril, uma nova lesão: fortalecimento muscular, ficando fora em torno de um mês.

Ou seja, é a terceira lesão do jogador na temporada, o que explica a pouca minutagem dele em 2022. Até aqui, foram apenas nove jogos pelo Timbu.

Do NE45

PUBLICIDADE