Série B: Náutico x Sport – 18h30 – Aflitos – Recife/PE

PUBLICIDADE

No dia 29 de outubro de 2011, Náutico e Sport se enfrentaram pela última vez em um jogo válido pela Série B do Campeonato Brasileiro. Onze anos depois, os rivais ficarão novamente frente a frente pela competição neste sábado, nos Aflitos, às 18h30. O clássico colocará em campo um jejum dos alvirrubros de ainda não ter vencido o Leão nesta temporada.

Até o momento, foram dois jogos em 2022. Um pela Copa do Nordeste e outro pelo Campeonato Pernambucano. No primeiro, na Ilha do Retiro, vitória do rubro-negro por 3 a 2, com três gols do atacante Mikael. Pelo estadual, nos Aflitos, o Timbu saiu na frente e dominou o jogo quase por completo, mas sofreu a virada na reta final e perdeu por 2 a 1.

Apesar das duas equipes estarem há duas partidas sem vencer, os desempenhos dentro de campo são muito diferentes. Além disso, a equipe rubro-negra se encontra entre os quatro primeiros colocados da competição, enquanto o Timbu está presente na zona de rebaixamento. Com apenas uma vitória nos últimos sete jogos, oclube chega bastante pressionado por não ter vencido clássicos na temporada. O Náutico vê a oportunidade de dar a volta por cima e em caso de vitória pode significar a saída da zona do rebaixamento.

Já o Sport, que ainda não perdeu clássico no ano, chega pressionado por resultados não conquistados contra Bahia e Grêmio, apesar do bom futebol apresentado nestes confrontos. Além disso, uma derrota diante da equipe alvirrubra pode representar a saída do G4. Porém, diante da maratona de jogos vivida pelo Leão, os próximos dois jogos são tratados como fundamentais pelo clube por serem equipes que estão na parte de baixo da tabela.

O presidente do Náutico, Diógenes Braga, lamentou as constantes mudanças no time titular, mas lembrou da força da torcida. “Estamos precisando do resultado. A presença da torcida pode ser algo a mais para a gente, já que estamos enfrentando dificuldades pelas ausências. Que ela empurre a gente e tenha certeza que vai encontrar um time que pode até ter suas limitações, mas que vai suar sangue em busca do resultado”.

Em contrapartida, Yuri Romão, mandatário rubro-negro, destacou a confiança do Leão, apesar do empate na última rodada. “Uma expectativa boa. O time teve uma boa semana, com um bom tempo para treinar, sem nenhuma intercorrência em relação ao departamento médico. A expectativa é boa para que a gente possa fazer um bom jogo, assim como foi contra o Grêmio. Apesar da gente não sair com a vitória, mas fizemos um jogo propositivo, de ataque e faltou o detalhe do gol”.

FICHA DO JOGO

Náutico
Lucas Perri; Victor Ferraz, Carlão, Bruno Bispo e Júnior Tavares; Richard Franco, Rhaldney e Jean Carlos; Robinho (Ralph ou Nascimento), Pedro Vitor e Kieza (Amarildo). Técnico: Roberto Fernandes

Sport
Mailson; Ezequiel, Rafael Thyere, Sabino, Sander; Fabinho, Bruno Matias, Giovanni; Jáderson (Bill ou Thiago Lopes), Luciano Juba e Kayke (Búfalo). Técnico: Dal Pozzo.

Local: estádio dos Aflitos
Hora: 18h30
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (FIFA) ((RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ).

Do Esportes DP

PUBLICIDADE