Náutico recebe o CSA em busca de recuperação na Série B

PUBLICIDADE

Vindo de uma derrota dentro de casa para o Cruzeiro, o Náutico deseja encerrar a série de três confrontos sem vitória e enfrenta o CSA, nos Aflitos, buscando se afastar do Z4 da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida, que será realizada às 21h30, válida pela 8ª rodada da competição, marca mais uma oportunidade do Timbu conquistar os três pontos como mandante e sair dos sete pontos.

O treinador Roberto Fernandes terá, mais uma vez, problemas para escalar a equipe titular nesta quinta-feira. Além de perder Hereda por dois meses, por um problema no joelho, o comandante não terá Júnior Tavares. O lateral teve uma lesão no tornozelo esquerdo constatada e será desfalque por até três semanas. A tendência é que Bryan e Ailton Silva sejam os titulares nos dois lados da defesa.

Por outro lado, Victor Ferraz, Leandro Carvalho e Léo Passos se recuperaram de sintomas gripais e treinaram com o grupo na última quarta. Entretanto, segundo o próprio técnico, dificilmente vão iniciar o embate contra os alagoanos. Caso realmente comecem no banco de reservas, o centroavante Amarildo deverá ganhar uma sequência no comando de ataque.

O sistema ofensivo também vem deixando mais uma dúvida na cabeça de Roberto. Contra o Cruzeiro, na última rodada, o time alvirrubro entrou em campo com apenas dois atacantes, tendo Djavan no meio campo. Diante do CSA, a expectativa é que Djavan seja sacado para a entrada de mais um jogador avançado. Niltinho, Pedro Vitor, Leandro Carvalho e Ewandro brigam pela posição, com os dois primeiros sendo os favoritos. Com mais minutagem nas últimas partidas, Pedro Vitor deve ser o escolhido caso o treinador escolha uma equipe mais ofensiva.

“Estamos tentando administrar problemas para que a gente possa voltar a vencer no campeonato. Falei para os atletas não confundirem que “o que mais importa é a vitória” com “o que mais importa é a vitória de qualquer jeito’’. A vitória tem que ser construída. Em casa, o Náutico tem que buscar o resultado positivo, independente do adversário. Eu não me iludo com a posição na tabela do CSA. O Mozart é um treinador muito preparado, que está à frente do clube há bastante tempo. É uma equipe que tem jogadores com capacidade. Temos que melhorar nossa performance”, avaliou Roberto Fernandes.

FICHA DO JOGO

Náutico
Lucas Perri; Bryan, Camutanga, Bruno Bispo e Ailton Silva; Ralph, Rhaldney e Jean Carlos; Niltinho (Pedro Vitor), Luis Phelipe e Amarildo (Léo Passos). Técnico: Roberto Fernandes

CSA
Marcelo Carné; Lucas Marques, Werley, Lucão e Ernandes; Giva, Gabriel e Lourenço; Felipe Augusto (Yann Rolim), Marco Túlio e Bruno Mezenga. Técnico: Mozart

Local: estádio dos Aflitos
Hora: 21h30
Árbitra: Edina Alves Batista (FIFA) (SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (FIFA)

Do Esportes DP

PUBLICIDADE