Real Madrid na final da Liga dos Campeões

PUBLICIDADE

Não tem jeito: nada consegue parar a mística do Real Madrid quando entra em campo na Champions League!

Nesta quarta-feira, a equipe espanhola perdia por 1 a 0 (gol de Mahrez) para o Manchester City, no Santiago Bernabéu, até os 45 minutos do 2º tempo. O banco dos Citizens já até celebrava, imaginando a equipe inglesa em sua 2ª final europeia seguida.

No entanto, quem estava do outro lado era a camisa mais pesada da Europa, aquela que entorta até varal de titânio…

De maneira inacreditável, os merengues buscaram uma virada relâmpago com o “Rayo” Rodrygo, que marcou duas vezes em um espaço de menos de dois minutos e virou o placar para 2 a 1, levando a partida para a prorrogação.

No tempo extra, Rúben Dias cometeu penalidade clara logo no princípio, e Benzema bateu bem para fazer 3 a 1, completando uma das maiores remontadas de toda a história do futebol.

Com o resultado, o Real Madrid avançou à sua 17ª decisão europeia na história e enfrentará o Liverpool, que eliminou o Villarreal na última terça-feira (3).

PUBLICIDADE