Tony Gel pede ao comando da PM que reveja decisão que proíbe a entrada de rádios de pilha nos estádios de futebol

PUBLICIDADE

Radialista de profissão, tendo inclusive já participado de três copas do mundo como narrador esportivo, o deputado estadual Tony Gel (PSB) está solicitando ao Coronel Roberto de Santana, Comandante Geral da Polícia Militar, que reveja a decisão que proíbe a entrada de rádios de pilha nos estádios de futebol de Pernambuco.

Para Tony Gel, além de não existir nenhuma comprovação do uso do equipamento em conflitos envolvendo torcedores, o rádio de pilha faz parte da emoção do futebol. Pois, é através dele que o grito de gol ganha mais força. Sem falar que é por meio do rádio de pilha que durante os 90 minutos de uma partida o torcedor é informado sobre tudo que está acontecendo dentro e fora de campo.

“O uso do rádio de pilha em jogos de futebol é uma tradição ao redor do Brasil. É algo que já faz parte da vida do torcedor. A preocupação da Polícia Militar com é importante, mas não vejo razão para a proibição. Estarei mantendo contato com o comando da PM, com a cúpula da SDS na tentativa de que essa decisão seja repensada. O rádio de pilha nos estádios faz parte da tradição do futebol”, disse Tony Gel.

PUBLICIDADE