Nos últimos oito estaduais, apenas três foram decididos com clássicos

PUBLICIDADE

Por Warley Santos

Nos últimos oito estaduais no estado de Pernambuco, três equipes fora do eixo Sport/Náutico/Santa Cruz chegaram na final.

Salgueiro: 2015, 2017 e 2020 (campeão)
Central: 2018
Retrô: 2022

O que podemos perceber é que aquela hegemonia de só chegar os três grandes na final do Estadual foi superada em 2015, quando o Salgueiro perdeu o título para o Santa Cruz.

Em apenas três oportunidades nos últimos oito estaduais que tivemos o campeonato sendo decidido em clássicos.

2016: Sport x Santa Cruz – Santa Cruz campeão
2019: Sport x Náutico – Sport campeão
2021: Sport x Náutico – Náutico campeão

Em 2017, o Salgueiro foi superado pelo Sport com muita polêmica da arbitragem que invalidou um gol legítimo do Carcará.

Em 2018, o Central foi superado pelo Náutico com polêmica da arbitragem. No jogo da volta na Arena, o árbitro Nielson Nogueira invalidou um gol legítimo do atacante Gildo.

Em 2020, o Salgueiro se sagrou o primeiro campeão Pernambucano do interior vencendo o Santa Cruz nos pênaltis.

E agora em 2022, chegou a vez do Retrô buscar o seu primeiro título Pernambucano. A Fênix não é do interior, pois tem sua sede em Camaragibe, região metropolitana do Recife, mas não deixa de ser mais um clube fora do eixo Sport/Náutico/Santa Cruz que chega em uma final de estadual.

Foto: Cido Vieira

PUBLICIDADE