Série B: Náutico recebe o Operário/PR

PUBLICIDADE

Sem muito tempo para processar a derrota dentro de casa para o Retrô, o Náutico quer juntar os cacos para conquistar a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. Para isso, o clube enfrenta o Operário, às 16h, no próximo domingo, pela 3ª rodada. Após perder nos Aflitos para o Bahia, a equipe vai em busca dos três pontos para subir na tabela da competição.

Em relação ao time titular, o treinador Roberto Fernandes confirmou que vai fazer alterações por causa do desgaste do elenco. Tendo três jogos em uma semana, além do Operário, o Timbu vai duelar com o CRB e o Retrô, este último pela decisão do Campeonato Pernambucano. Diante disso, o zagueiro Bruno Bispo deve ganhar uma vaga nos onze iniciais no lugar de Carlão. Uma mudança confirmada é no meio campo, já que Djavan foi expulso diante do Bahia e é desfalque certo. Richard Franco, Ralph e o recém-chegado Nascimento disputam a posição no setor.

Outro recém-chegado que pode aparecer é Victor Ferraz. O jogador tem a opção de ser lateral-direito ou segundo volante, e por isso é uma arma do Timbu. Caso seja acionado no meio campo, Thássio luta por uma vaga no setor defensivo. O que pode impedir a estreia de Victor com a camisa alvirrubra é o ritmo de jogo. O atleta não atua desde o meio de 2021, fator que pode adiar sua entrada.

Com pouco tempo para treinar e muitos jogos em sequência, Roberto Fernandes confirmou que fará alterações diante do clube paranaense e do alagoano, porém afastou a possibilidade de um time ‘alternativo’, com todos os 11 jogadores diferentes.

“Pretendo. Não só pela necessidade, porque acredito que o jogo hoje foi de muito desgaste e a gente já tem jogo no próximo domingo. precisamos planejar bem. São três jogos em uma semana, finalizando com uma decisão de campeonato. Temos viagem no meio da semana ainda. Vamos ter mudança. Não penso em radicalizar nada. Não gosto de coisa de time B, de trocar o time inteiro. Mas se eu puder, até o jogo de sábado, mudar de 20 a 30%, vou ter rodado bem o elenco”, avaliou Roberto Fernandes.

Como vem o Operário?

O time paranaense aposta na manutenção dos titulares diante do Timbu. Com uma vitória e um empate até o momento no campeonato, o clube assegura a vice-liderança. O técnico Claudinei Oliveira promete escalar os mesmos jogadores que vêm conquistando a confiança da torcida, com um 4-3-3 de muita mobilidade.

FICHA DO JOGO

Náutico
Lucas Perri; Hereda, Camutanga, Bruno Bispo e Júnior Tavares; Richard Franco, Rhaldney e Jean Carlos; Robinho, Leandro Carvalho e Kieza. Técnico: Roberto Fernandes

Operário
Vanderlei; Arnaldo, Thales, Reniê e Fabiano; André Lima , Fernando Neto (Marcelo) e Reina; Thomaz Santos, Felipe Garcia e Paulo Sérgio. Técnico: Claudinei Oliveira

Local: estádio dos Aflitos
Hora: 16h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias e Helcio Araujo Neves (PA)

Do Esportes DP

PUBLICIDADE