Histórico, momento, cotas e mais: o cenário das quartas de finais do Nordestão

PUBLICIDADE

A Copa do Nordeste começa a fase decisiva na noite desta terça-feira, quando será dado o pontapé para as quartas de final da competição. Nesta matéria o cenário dos quatro confrontos eliminatórios, com tudo o que está em jogo: retrospecto geral, momento atual, cotas e outras informações.

Por terem avançado da primeira fase, os oito times receberam igualmente premiação de R$ 300 mil. Em relação às semifinais, os quatro classificados terão um bônus de R$ 350 mil cada, novamente sem distinção de subgrupo – como ocorre na primeira fase.

O mata-mata da Copa do Nordeste de 2022, com o caminho das quartas à decisão. Favorito?
As quartas de final, aliás, serão disputadas em duelo único, com mando de campo para quem teve melhor campanha na primeira fase da competição. Confira, abaixo, o panorama de cada duelo pela ordem em que ocorrem ao longo desta semana.

CSA x Sport – terça – 21h35 – Rei Pelé
Fase atual
Ambos os times estão bom momento. O Azulão vive sequência de três vitórias consecutivas, enquanto o Rubro-negro está invicto há cinco jogos – são quatro triunfos no recorte. Em casa, inclusive, o CSA tem retrospecto quase perfeito em 2022: são nove jogos como mandante, com oito vitórias e um empate.

Já o Sport, fora de casa, tem campanha irregular. Demorou cinco partidas – três derrotas e dois empates – para vencer a primeira longe da Ilha do Retiro, mas atualmente está há quatro jogos sem perder enquanto visitante.

Histórico geral
Na história, dentre todos os mandos e competições, o Azulão e o Rubro-negro se enfrentaram 28 vezes, com 19 vitórias do Sport, sete triunfos do CSA e dois empates.

Já no Nordestão são sete partidas, com quatro vitórias pernambucanas, dois triunfos alagoanos e um empate. Por fim, os duelos entre eles em Maceió pelo Nordestão apresentam igualdade, com cada um vencendo duas vezes.

Desde o retorno do Regional, em 2013, o Azulão tem quatro classificações às quartas, mas ainda não passou para as semi. O Leão, por sua vez, chegou sete vezes às quartas, com quatro semifinais.

Retrospecto entre CSA e Sport
– 28 jogos (7 pelo Nordestão)
– 19 vitórias do Sport (4 pelo Nordestão)
– 7 vitórias do CSA (2 pelo Nordestão)
– 2 empates (1 pelo Nordestão)

Em Alagoas pelo Nordestão
– 4 jogos
– 2 vitórias do CSA
– 2 vitórias do Sport

Fortaleza x Atlético-BA – terça – 21h35 – Castelão
Os dois times vivem boa fase. O Fortaleza, inclusive, ainda não sabe o que é perder na temporada, com oito vitórias e quatro empates em 12 partidas. Já o Atlético-BA está invicto há oito jogos, com cinco vitórias nas últimas seis exibições.

Enquanto mandante, o Leão do Pici tem retrospecto praticamente perfeito, com cinco triunfos e um empate – este no clássico contra o Ceará – em seis partidas. Já o time de Alagoinhas fora de casa tem desempenho mediano, com três vitórias, dois empates e três derrotas em oito jogos – porém, está invicto há três duelos.

Desde a volta do Nordestão, há dez anos, o Fortaleza tem sete classificações às quartas, com quatro avanços para as semifinais. Já o Atlético-BA passou pela primeira vez ao mata-mata da competição.

Histórico geral
Nunca se enfrentaram.

Botafogo x Náutico – quarta – 20h – Almeidão
O Belo perdeu apenas um jogo na temporada – logo na estreia, contra o CSA, fora de casa – e tem bons resultados contra equipes de divisões acima no Nordestão, como vitórias contra Sport e Sampaio fora de casa, além de um disputado 1 a 1 com o Fortaleza no Almeidão. Nas últimas seis partidas, são quatro triunfos e dois empates.

Já o Náutico ainda busca uma maior afirmação com Felipe Conceição, mas parece ter achado um caminho. Nos últimos seis jogos, venceu quatro – dois tropeços foram nos clássicos do Recife.

Em casa, por sua vez, o Botafogo possui três vitórias e três empates em seis jogos. Já o Timbu, enquanto visitante, venceu quatro, empatou duas e perdeu três em nove partidas.

Histórico geral
Na história, dentre todos os mandos e competições, são 22 confrontos entre as equipes, com nove vitórias do Náutico, oito do Botafogo e cinco empates. Já no Nordestão são 12 duelos e vantagem para o Belo, com cinco triunfos dos paraibanos, três do Timbu e quatro empates.

Por fim, em João Pessoa pelo Regional, são sete partidas, com quatro vitórias do Botafogo, uma do Náutico e dois empates.

Desde a volta da Copa do Nordeste, em 2013, o Belo avançou quatro vezes para as quartas, com uma passagem às semifinais. Já o Alvirrubro tem duas classificações ao mata-mata e uma chegada para as semi.

Curiosamente, eles se enfrentaram nas semifinais de 2019, com vitória do Botafogo por 2 a 1, em João Pessoa.

Retrospecto entre Botafogo e Náutico
– 22 jogos (12 no Nordestão)
– 9 vitórias do Náutico (3 no Nordestão)
– 8 vitórias do Botafogo (5 no Nordestão)
– 5 empates (4 no Nordestão)

Na Paraíba pelo Nordestão
– 7 jogos
– 4 vitórias do Botafogo
– 1 vitória do Náutico
– 2 empates

Ceará x CRB – quinta – 21h35 – Castelão
O Vozão reagiu bem depois da eliminação precoce no Estadual – única derrota em 12 jogos na temporada – e acumula quatro vitórias consecutivas desde então. Já o Galo da Pajuçara não passa por boa fase e nos últimos seis jogos venceu apenas um, com quatro derrotas neste intervalo.

Enquanto mandante, o Ceará está invicto: são quatro triunfos e dois empates em seis partidas. Já o CRB como visitante não tem bom histórico em 2022: são seis derrotas, dois empates e quatro vitórias em 12 jogos.

Histórico geral
Na história, dentre todos os mandos e competições, são 22 duelos entre os times, com 14 vitórias do Vozão, oito do Galo e 11 empates. Pelo Nordestão, por sua vez, o panorama é equilibrado: 14 jogos, com dois triunfos para cada lado, além de cinco empates.

Já em relação aos jogos entre eles na capital cearense pelo Regional, foram três, com uma vitória do Alvinegro e dois empates.

Desde o retorno da Copa do Nordeste, há dez anos, o Ceará acumula nove classificações para as quartas de final e seis às semifinais. Já o CRB possui seis avanços ao mata-mata, mas nunca chegou para as semifinais.

Retrospecto entre Ceará e CRB
– 33 jogos (9 pelo Nordestão)
– 14 vitórias do Ceará (2 pelo Nordestão)
– 8 vitórias do CRB (2 pelo Nordestão)
– 11 empates (5 pelo Nordestão)

Em Fortaleza pelo Nordestão
– 3 jogos
– 1 vitória do Ceará
– 2 empates

Do NE45

PUBLICIDADE