Após nova vistoria, Polícia Militar mantém decisão e veta o Arruda para receber jogos

PUBLICIDADE

Após vistoria da Polícia Militar realizada nesta terça-feira no Arruda, a corporação deu novamente aval negativo no Laudo de Segurança e não liberou o Arruda para receber partidas. O próximo compromisso do time já acontece nesta quinta, diante do Afogados da Ingazeira.

“Informamos que o Laudo de Segurança do Batalhão de Choque (BPChoque) da Polícia Militar de Pernambuco, após vistoria técnica realizada na manhã desta terça-feira (1º de fevereiro), no estádio José do Rêgo Maciel (Arruda), manteve a reprovação para a prática de atividades desportivas no local”, disse o texto.

Procurado oficialmente para falar sobre o o assunto, o CEO tricolor, Abdias Venceslau, afirmou que o clube ainda não foi informado sobre nenhuma decisão da corporação.

Todo o trâmite para o cumprimento das cinco exigências em liberar o Arruda durou praticamente 10 dias, desde quando o estádio teve o Laudo do Batalhão de Choque reprovado praticamente às vésperas do duelo contra a Coruja, ali marcado para o dia 23 de janeiro, pela estreia do Santa Cruz no Pernambucano. Em função da negativa da Polícia Militar, a partida teve que ser remarcada para uma nova data.

Com as exigências cumpridas, a direção do Santa Cruz aguardava com ansiedade a aprovação do estádio, uma vez que o duelo contra o Afogados da Ingazeira foi remarcado para a data de aniversário do clube (3), que iniciou planejamento para fazer ações em comemoração ao dia.

Do NE45

PUBLICIDADE