Náutico deixa zona de rebaixamento da Série B após 14 jogos

PUBLICIDADE

Hoje é um dia para o torcedor do Náutico encostar a cabeça no travesseiro e dormir aliviado, pois depois de 14 rodadas e quase 70 dias abraçado ao fantasma do rebaixamento à Série C, o Timbu fez o dever de casa ao vencer o confronto direto contra o Paraná e viu o Figueirense apenas empatar com o CSA em Florianópolis. Essa combinação de resultados foi suficiente para o Alvirrubro se garantir fora da zona de degola até a próxima rodada.


Após iniciar o campeonato figurando entre os quatro últimos nas cinco primeiras rodadas, o Náutico reagiu com a chegada do técnico Gilson Kleina. Assim, em sua primeira vitória no campeonato, diante do Guarani, no Brinco de Ouro. Desde então, o Timbu teve uma ascensão, onde chegou a estar entre os dez primeiros colocados, mas logo veio a queda de rendimento ainda sob o comando de Kleina.

Dessa forma, na virada do turno, após ser derrotado pelo CSA, em Maceió, o Náutico voltou a zona de rebaixamento, com apenas 19 pontos conquistados em 19 partidas. Depois desse jogo, o Timbu ainda passou mais seis jogos sem vencer até desencantar já sob o comando de Hélio dos Anjos, quando venceu novamente o Guarani, dessa vez em casa.

A partir daí se iniciou a reação, que se baseia especialmente no aproveitamento em casa. São cinco vitórias consecutivas nos Aflitos desde então, 15 pontos conquistados, que possibilitaram a arrancada do Timbu na tabela. Fora de casa, porém, o time segue com uma campanha longe do ideal. No recorte da sequência positiva em seus domínios, o Alvirrubro atuou como visitante quatro vezes e conseguiu dois empates (Chapecoense e Botafogo-SP) e duas derrotas (Figueirense e Confiança).

Atualmente na 15ª posição e podendo apenas ser ultrapassado pelo Vitória nessa 33ª rodada, caso o rubro-negro baiano vença o América-MG, fora de casa, a próxima partida do Náutico será novamente em casa, desta vez diante Coelho, algo que pode ser uma boa notícia, uma vez que o Timbu dentro de sua recuperação como mandante já venceu outros postulantes ao acesso como o Cuiabá e o Sampaio Corrêa.

Fonte: Esportes DP

PUBLICIDADE