Série C: Santa Cruz recebe o Vila Nova/GO

PUBLICIDADE

Após empatar no primeiro jogo do quadrangular do acesso da Série C e chegar ao seu quarto embate sem vencer, o Santa Cruz buscará reação imediata para não sair da zona de classificação e não deixar o Ituano se isolar na ponta do grupo C. Contando com o fator do Arruda, no último jogo em casa de 2020, a Cobra Coral enfrenta o Vila Nova, neste sábado, às 17h, tendo o retorno de Chiquinho, após se recuperar de uma lesão na panturrilha.
O meia foi desfalque no empate com o Brusque, em 0 a 0, no último domingo. Mas, de volta aos treinos desde o começo da semana, o atleta já deve atuar na partida contra o Vila Nova. Além do retorno de um pilar criativo tricolor, o Santa Cruz poderá contar com o Arruda para reverter a má fase e se manter vivo na briga. Dentro de casa, a Cobra Coral só perdeu um jogo na Série C, diante do Manaus, depois de já ter garantido acesso e o primeiro lugar para avançar à segunda fase do nacional.  


Querendo voltar a triunfar depois de quatro partidas, o Santa Cruz também visa a vitória para não deixar o Ituano se isolar na liderança da disputa pelo acesso. O time paulista venceu o primeiro jogo diante do próximo adversário da Cobra Coral, Vila Nova, e garantiu o topo da tabela na primeira rodada. Dessa forma, o Tricolor busca fechar o ano no Arruda com chave de ouro, o time em força máxima e visando se manter na zona de classificação.
O técnico Marcelo Martelotte comentou a pressão vivida pelo elenco, por causa da possibilidade do Ituano se afastar na tabela, além disso, o treinador também ressaltou a importância dos jogadores experientes para esses momentos mais difíceis da competição.

“A pressão existe pelo momento na competição, todos os jogos vão ser decisivos e o fato de você ter uma decisão a cada rodada, traz um clima diferente para esse momento do campeonato”, disse.


“Cada jogo a gente está encarando com muita responsabilidade. Mas, o que eu sempre friso e volto a dizer, é que temos um time muito experiente. Jogadores que já passaram diversas vezes por esse tipo de situação e que encaram essa decisão como tem que ser, com responsabilidade, mas com equilíbrio psicológico que é o mais importante na hora de se decidir”, completou.    


ADVERSÁRIO 
Sendo um entre os três times que conseguiram vencer o Santa Cruz nesta Série C, o Vila Nova enfrenta a Cobra Coral querendo reagir no quadrangular e conquistar os seus primeiros pontos na tabela. Porém, além de perder o primeiro jogo diante do Ituano, a equipe alvirrubra demitiu o técnico Bolívar e contratou Márcio Fernandes para assumir o seu lugar. Mas, o treinador foi anunciado na última quarta-feira e teve pouco contato com o elenco, podendo ser um fator negativo para equipe no jogo diante dos tricolores, no Arruda. Por outro lado, o técnico que teve passagem pelo Treze esse ano, enfrentou o Santa na primeira fase da competição e já conhece o elenco tricolor.  

FICHA DO JOGO


Santa Cruz Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William e Perí (Leonan); Bileu, Paulinho, Chiquinho, Didira, Lourenço e Pipico. Treinador: Marcelo Martelotte.


Vila Nova Fabrício; Celsinho, R. Donato, Adalberto e Mário; Yuri (Biancucchi), Dudu e Pablo; Hugo (Rodrigo), Henan e Talles. Treinador: Márcio Fernandes


Local: Arruda Dia e horário: Sábado, às 17hArbitragem: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e  Katiuscia M Berger Mendonça (ES)

Do Esportes DP

PUBLICIDADE