Trágico acidente do avião da Chapecoense completa 4 anos

PUBLICIDADE

O dia 29 de novembro ficará marcado para sempre na história do futebol de uma forma muito triste. O acidente aéreo que envolveu o time da Chapecoense completa quatro anos neste domingo (considerando o horário brasileiro – seria no dia 28 na Colômbia). O desastre antes da final da Copa Sul-americana deixou 71 mortos e diversas famílias desamparadas e um sentimento de revolta.

Em função da pandemia do coronavírus, a Chapecoense anunciou apenas ações pontuais neste ano para recordar a tragédia. As principais lembranças serão feitas através das redes sociais. Antes da partida deste sábado pela Série B do Brasileiro, a atual equipe exibiu uma faixa sobre o terrível acontecimento na Colômbia.

Lutando pelas indenizações na justiça, cada família impactada pela tragédia pode ter direito a cerca de 4 a 5 milhões de dólares, segundo os advogados. As seguradoras Aon, Tokio Marine Kiln e Bisa seriam as responsáveis pelas apólices de seguro.

No ano passado, logo na semana em que o desastre completou três anos, a Chapecoense confirmou seu rebaixamento para a Série B do Brasileiro, o primeiro de sua história, após perder para o Botafogo.

Agora, a equipe do interior catarinense apresenta sinais de reação. Líder da Série B do Campeonato Brasileiro, a Chape tem grandes chances de retornar à elite do futebol brasileiro em 2021. Do terra.com

PUBLICIDADE