SÉRIE B: Náutico visita o CSA em Maceió na noite deste sábado

PUBLICIDADE

O empate diante do Cruzeiro, em casa, deixou o Náutico muito próximo à zona de rebaixamento da Série B. Por isso, para recuperar os pontos perdidos e se distanciar da confusão, o Timbu visitará o CSA, no sábado, às 21h, no estádio Rei Pelé, buscando voltar a vencer e aumentar a distância para o Figueirense, equipe que abre o Z4 com os mesmos 19 pontos do Alvirrubro.

Um aliado para o Náutico é o histórico do confronto. São 18 jogos entre o Timbu e os alagoanos, com 10 vitórias alvirrubras (quatro fora de casa), além de três derrotas e dois empates. Porém, um fator a favor do Azulão do Mutange é o retrospecto recente. Nos últimos cinco jogos em casa, o time comandado por Mozart venceu as cinco partidas e marcou 14 gols, uma média de 2,8 por partida.

Para frear o ataque alviazulino, o Timbu contará com o retorno de Wilian Simões após suspensão pelo terceiro cartão amarelo diante do Cruzeiro e a reestreia do zagueiro Ronaldo Alves, que substituirá Camutanga, suspenso pelo terceiro amarelo. Assim, o experiente defensor fará dupla de zaga com o jovem Carlão, em seu retorno após quase oito meses de inatividade.

Outro desfalque, dessa vez no ataque, é o meia-atacante Jorge Henrique. Após tomar cartão amarelo por falta dura em Matheus Pereira, que inclusive causou lesão no jogador do Cruzeiro. Sem Ruy e Dudu, opções para o meio-campo para atuarem ao lado de Jean Carlos, que seguem lesionados, quem deve ser acionado é o atacante Erick, que vem substituindo corriqueiramente o experiente jogador.

Quanto ao comando do time, o Náutico seguirá sem a presença de Gilson Kleina à beira do campo. Treinador segue cumprindo protocolo de isolamento após ter teste positivo para a Covid-19. Quem deve comandar a equipe novamente é o auxiliar técnico Juninho Lola.
Como vem o CSA?
Embalado desde a chegada do técnico Mozart, há pouco de um mês, o CSA segue buscando alcançar o G4 da Série B. Nono colocado com 25 pontos, três a menos que o Juventude, pior classificado dentro da zona de acesso, o Azulão irá encarar o Náutico sem desfalques. O volante Yago, que estava suspenso, e o meia Andrigo que não jogou diante da Chapecoense, voltam a ser opções para o confronto na noite de sábado no Rei Pelé.
Ficha do jogo
CSA

Matheus Mendes; Diego Renan, Cléberson, Luciano Castán e Rafinha; Marquinhos, Yago e Nadson; Andrigo (Rone), Pimpão e Paulo Sérgio. Técnico: Mozart

Náutico

Jefferson; Hereda, Ronaldo Alves, Carlão e Wilian Simões; Rhaldney, Jhonnatan e Jean Carlos; Erick, Vinícius e Kieza. Técnico: Juninho Lola

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió
Horário: 21h
Árbitro: José Mendonça da Silva Júnior (PR)
Assistentes: Luciano Roggenbaum e Jefferson Cleiton Piva da Silva (ambos do PR)


POR SUPER ESPORTES PE

PUBLICIDADE