Pela Série B, Náutico encara o América/MG na Arena Independência em Belo Horizonte

PUBLICIDADE

Mesmo com a sensível melhora diante do Paraná em relação aos jogos em que disputou anteriormente, o Náutico não conseguiu retomar ao caminho das vitórias. E agora, estando há quatro jogos sem triunfos, o confronto com o América Mineiro, hoje, às 19h15 na Arena Independência, se tornou fundamental para seguir sonhando com o G4 da Série B do Campeonato Brasileiro.

Diante do Coelho, o Náutico terá que ultrapassar, a princípio, três desafios. O primeiro será voltar a fazer gols, pois está há três jogos sem marcar, igualando sua sequência negativa da Série B do ano de 2018. Além disso, o Alvirrubro ainda buscará manter o tabu de nunca ter sido derrotado pelo ex-técnico Lisca, que passou pelo clube recifense em 2014 e 2015, e atualmente, comanda o Coelho.

Por fim, o Timbu terá que se superar para voltar a vencer. O time pernambucano não vence faz quatro jogos e ainda não superou nenhum adversário que está entre os dez primeiros da tabela, região habitada pelo América desde o início da competição, inclusive. Atualmente, o time de Minas é o sexto colocado com 23 pontos somados e o detentor da segunda melhor defesa do certame, com apenas oito gols sofridos.

Quanto a escalação, o técnico Gilson Kleina não deve mudar muito a equipe que iniciou a partida contra o time do Paraná, na última terça-feira. Ainda sem poder contar com Rhaldney, Jhonnatan e Jorge Henrique, positivados para o novo coronavírus, o treinador contará com o retorno de Erick, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

E mesmo admitindo a boa fase em que o adversário está, Gilson Kleina garantiu confiança para dar sequência à execução positiva do time. “O Náutico voltou a ter a pegada e é importante a gente ter esse tipo de execução, principalmente contra o América, que está fazendo um campeonato muito seguro e vai chegar com a moral elevada. Nós vamos com confiança também”, projetou com otimismo.
Como vem o América-MG?
Depois de três empates por sem gols, o América Mineiro voltou a vencer diante do Vitória, fora de casa, pelo placar de 2 a 1. Agora, vindo de quatro jogos sem perder, o Coelho recebe o Náutico com o intuito de chegar ao G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. E sem o atacante Rodolfo, que está lesionado, o técnico Lisca deve escalar novamente o centroavante Léo Passos. Além disso, o volante Juninho e o atacante Ademir podem ser baixas da equipe, pois saíram do jogo contra o Leão da Barra reclamando de dores.


FICHA DO JOGO
América-MG
Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Anderson, Messias, Sávio; Zé Ricardo, Juninho (Geovane) e Alê; Ademir (Marcelo Toscano), Léo Passos (Rodolfo) e Felipe Azevedo. Técnico: Lisca

Náutico
Jefferson; Hereda, Rafael Ribeiro, Camutanga e Willian Simões; Matheus Trindade (Djavan), Ruy e Jean Carlos; Thiago (Erick), Dudu e Kieza. Técnico: Gilson Kleina

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte
Horário: 19h15
Árbitro: Wagner Reway (PB)
Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB) e Schumacher Marques Gomes (PB)

POR SUPER ESPORTES PE

PUBLICIDADE