Santa Cruz vence Ferroviário de virada e segue na liderança da Série C

PUBLICIDADE

Tarefa cumprida. Buscando se firmar na liderança da Série C do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz conseguiu vencer a equipe do Ferroviário no estádio Domingão por 3 a 1 e se manter na ponta de cima da tabela de classificação da Terceirona. Na partida deste domingo, com gols de Pipico e Didira, a Cobra Coral conseguiu também a sua primeira vitória de virada na disputa nacional. Agora, o Tricolor foca na disputa ante o Paysandu, que acontecerá no Arruda, às 18h do próximo domingo.

E apesar do primeiro tempo do jogo ter sido melhor usado pelo Ferroviário, foi dos pés do atacante Pipico que o primeiro gol da partida aconteceu, já perto dos 30 minutos. Após receber a bola de Toty, o artilheiro, que não marcava há sete jogos, mandou para o fundo das redes do goleiro Nícolas, que ainda deslizou sua luva esquerda na bola, mas não conseguiu defender a batida. Minutos depois, foi a vez de André Mensalão, do Ferroviário, deixar Maycon Cleiton sem chances. O lance, inclusive, veio de um lançamento lateral.
Segundo tempo
A partida já voltou numa pegada mais acirrada no estádio Domingão. Em menos de um minuto da etapa complementar, com erro na saída do goleiro Maycon Cleiton, Diego Lorenzi, do Ferroviário, se aproveitou e assustou os tricolores pernambucanos. Na jogada, Tinga foi quem pôs o perigo para longe.

Revertendo sua “presença apagada” nos minutos iniciais do jogo, o Tricolor melhorou a sua atuação em campo e começou a aparecer mais, buscando equilibrar a disputa com os tricolores cearenses.

Um exemplo disso, veio com a cobrança de falta onde Didira mandou por cima da barreira e bateu colocado no ângulo direito adversário. Segundo gol do Santa. E naquele momento, pela primeira vez o Santa Cruz ganhava um jogo de virada na disputa da Terceirona deste ano.

Depois do gol de Didira, o Ferroviário tentou reverter o prejuízo, mas apesar dos lances perigosos para cima do goleiro Maycon Cleiton, não conseguiram. E até “deram uma mão” para o Santa já nos acréscimos do jogo, com um gol contra. O 3 a 1, montado por Jáderson, foi finalizado na barra do goleiro Nícolas, após a bola tocar em Willian Machado.

ENQUANTO ISSO NO ARRUDA…

Enquanto a bola rolava no estádio Domingão, longe do estado pernambucano, torcedores do Santa Cruz protestavam em frente ao estádio do Arruda. O ato foi iniciado no mesmo momento do jogo. E com faixas pedindo a saída de atuais dirigentes e incentivando à reforma estatutária do Tricolor, o grupo coral também reivindicou a notícia recente de extensão dos mandados dos atuais gestores, assinada pelo presidente do Conselho Deliberativo do clube, Paulo Borba.

Inclusive, a torcida presente na Av. Beberibe neste domingo também colocou a #ProtestoNoArruda entre os três tópicos mais comentados do Twitter no Recife.
FICHA DO JOGO
Ferroviário 1
Nícolas; Gabriel Cassimiro (Neilson), Olávio, Willian Machado e Tiago Costa; Lucas Hulk (Reinaldo), Diego Lorenzi, André Mensalão e Caíque (Jr. Batista); Siloé e Willian Lira. Treinador: Marcelo Vilar

Santa Cruz 3
Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais (Célio Santos), Elivelton e Leonan (Perí); André, Tinga (Denílson), Didira e Bileu; Mayco Félix (Lourenço) e Pipico (Jáderson). Treinador: Marcelo Martelotte

Local: Estádio Domingão
Arbitragem: Alinor Silva da Paixão (MT)
Assistentes: Marcelo Grando (MT) e Paulo César Silva Faria (MT)
Gols: Pipico, aos 27 do 1º T; Mensalão, aos 30º do 1º T e Didira, aos 11 minutos do 2º T
Cartões amarelos: Willian Machado (Ferroviário), Bileu (Santa Cruz) e Perí (Santa Cruz)
Cartão vermelho: Olávio, do Ferroviário

Foto: Ferroviario

PUBLICIDADE