Pela Série B, Náutico bate Figueirense e conquista sua segunda vitória na competição

PUBLICIDADE

Não foi uma partida brilhante, mas o suficiente para ser eficiente. Pelo segundo jogo consecutivo, o Náutico venceu graças às mudanças do seu treinador. Em lance que contou com cruzamento de Thiago e finalização de Dadá Belmonte, o alvirrubro chegou ao seu primeiro triunfo em casa – o segundo na Série B -, por 1 a 0, diante do Figueirense, com participação de dois jogadores que saíram do banco de reservas. 
Com o resultado, o Náutico chegou aos 10 pontos ganhos em sete jogos disputados, alcançando 9ª posição e ficando temporariamente a dois pontos do G4. O próximo compromisso do Timbu será no próximo sábado, às 21h, diante do Brasil de Pelotas, fora de casa. Já o Figueirense recebe o Paraná, no Orlando Scarpelli, na próxima sexta-feira.

O jogo

A partida começou com o Figueirense apertando o Náutico no campo de defesa. A equipe catarinense iniciou dominando as ações nos primeiros minutos fazendo marcação alta e recuperando a posse de bola rapidamente. A primeira grande chance da partida saiu como fruto dessa pressão. Jefferson tentou sair com a bola, foi pressionado e acabou chutando em cima do atacante Pedro Lucas, para sorte do Timbu, a bola saiu pela linha de fundo. 
Com o susto, o Náutico despertou na partida. A partir dos 15 minutos o time pernambucano encaixou a marcação no seu meio-campo e passou a ser mais perigoso que o Figueirense, mas ainda assim com muita dificuldade de ser efetivo. Outro ponto que foi reclamado por ambos os treinadores foi a saída de bola muito lenta, que acabou prejudicando a criação ofensiva na primeira etapa. 

Segundo tempo

A etapa final começou de maneira semelhante ao primeiro tempo. O Figueirense tentava atacar o Náutico, que tentava partir em bolas longas. Insatisfeito com o desempenho do volante Matheus Trindade, Gilson Kleina o sacou ainda no intervalo para acionar Jhonnatan. 


Aos 20 minutos, o técnico alvirrubro renovou todo o ataque do Timbu para tentar escapar da pressão catarinense. Kleina acionou Thiago, Dadá e Paiva nas vagas de Erick, Jorge Henrique e Salatiel, respectivamente.
Apesar das modificações, o Náutico seguiu sendo pressionado, tendo muitas dificuldades em sair com a bola e para neutralizar o camisa 10 do Figueira, o experiente Marquinho. Mesmo sofrendo, o Timbu conseguiu em sua primeira ponta mais efetiva abrir o placar. Thiago arrancou pela direita e achou Dadá Belmonte, que completou para o gol e colocou o alvirrubro à frente. Nos acréscimos, Jefferson ainda salvou uma bola em cima da linha para garantir a vitória alvirrubra. 

Ficha do jogo

Náutico 1

Jefferson; Hereda, Rafael Ribeiro (Camutanga), Fernando Lombardi e Erick Daltro; Rhaldney, Matheus Trindade (Jhonnatan), Jorge Henrique (Dadá Belmonte) e Jean Carlos; Erick (Thiago) e Salatiel Júnior (Guillermo Paiva). Técnico: Gilson Kleina. 


Figueirense 0

Vítor Caetano; Lucas Carvalho (Gabriel Barbosa), Alemão, Pereira e Sanchez; Arouca (Paulo Ricardo), Matheus Neris (Elyeser) e Marquinho; Keké (Gabriel Dias), Diego Gonçalves (Lucas Henrique) e Pedro Lucas. Técnico: Elano Blumer. 


Local: AflitosÁrbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)Assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Mauro César Evangelista de Sousa (ambos do PI)Gols: Dadá Belmonte aos 32 minutos do 2º tempo (Náutico)Cartões amarelos: Matheus Neris e Sanchez (Figueirense)

Por Super Esportes PE – Foto: Bruna Costa

PUBLICIDADE