Contra Treze, Santa Cruz defende invencibilidade de 21 anos em jogos no Arruda. Partida será nesta terça!

PUBLICIDADE

Após dez dias, o Santa Cruz volta a campo nesta terça-feira para encarar o Treze, pela segunda rodada da Série C. E além de buscar a primeira vitória na competição (estreou com um empate sem gols com o Paysandu), a equipe tricolor defenderá diante dos paraibanos uma longa invencibilidade. Isso porque a última (e única) derrota coral para a equipe de Campina Grande, no Arruda, ocorreu há 21 anos.

Na ocasião, o Treze conseguiu eliminar o Santa Cruz na primeira fase da Copa do Brasil de 1999, ao bater os pernambucanos por 4 a 2, revertendo a desvantagem obtida no jogo de ida, em Campina Grande, quando o tricolores venceram por 3 a 2. Porém, no retrospecto geral, esse foi um ponto fora da curva.


Isso porque nas últimas oito vezes em que os dois clubes se enfrentaram no Recife, o Santa Cruz somou seis vitórias e dois empates. O último por 2 a 2, na Série C do ano passado, com a igualdade sendo arrancada aos 50 minutos do segundo tempo. O outro, por 0 a 0 em 2011, valeu a saída da Série D.


No geral, o retrospecto sem mantém amplamente favorável aos corais, com nove vitórias (entre elas duas goleadas por 6 a 0), quatro empates e apenas uma derrota.


Vale lembrar que, na atual temporada, o último triunfo do Santa Cruz foi sobre o River-PI por 1 a 0, pela última rodada da primeira fase da Copa do Nordeste. De lá para cá, cinco empates (Confiança, Náutico, Salgueiro – duas vezes – e Paysandu), com eliminação dos pênaltis na Copa do Nordeste e a perda do título pernambucano.


Já o Treze chega embalado pelo título paraibano conquistado no último sábado, diante do arquirrival Campinense. Por sinal, o jogo contra o Santa será a estreia da equipe de Campina Grande na competição, uma vez que a partida contra o Imperatriz, na primeira rodada, precisou ser suspensa por conta da alta contaminação da Covid-19 no elenco do Imperatriz. 

Do Super Esportes PE

PUBLICIDADE