Com saída de Gilmar Dal Pozzo, Náutico chega à 16ª temporada seguida sem manter treinador

PUBLICIDADE

Ainda não foi oficializado pelo clube, mas o catarinense Gilmar Dal Pozzo não é mais o treinador do time profissional do Clube Náutico Capibaribe. Com pouco histórico de estabilidade, o Alvirrubro não mantém um treinador por uma temporada inteira desde 2004 e essa já é a 42ª troca desde então, o novo comandante já será o 32º nome diferente à frente do Timbu em 16 anos, com uma média inferior a seis meses de trabalho para cada técnico.

Ao longo dessa última passagem, Gilmar Dal Pozzo se tornou um dos treinadores mais longevos do retrospecto recente do Náutico, com 15 meses e 42 jogos no clube. Ainda assim, Dal Pozzo não conseguiu uma marca que não acontece desde 2012, última vez que o Náutico manteve um treinador ao longo de todo um Campeonato Brasileiro. Naquela oportunidade, Alexandre Gallo comandou o Náutico na Série A. Com a nova troca, a repetição do feito terá que esperar até 2021.
Apesar de um recorte recente com poucas trocas, caminhando para o quarto treinador desde a reta final de 2017, os anos anteriores mostram um cenário mais exagerado nesse quesito. Em 2009 e 2013, anos dos rebaixamentos à Série B mais recentes foram seis técnicos vestindo a camisa timbu ao longo do ano. Na primeira oportunidade, Roberto Fernandes, Edson Leivinha, Sérgio China (ambos efetivados), Waldemar Lemos, Márcio Bittencourt e Geninho treinaram o Náutico. Quatro anos depois, Alexandre Gallo, Vagner Mancini, Silas Pereira, Zé Teodoro, Jorginho e Marcelo Martelotte passaram no clube.

CONFIRA OS TREINADORES DO NÁUTICO NOS ÚLTIMOS 17 ANOS

2004: Zé Teodoro2005: Zé Teodoro, Heron Ferreira, Mauro Galvão e Roberto Cavalo2006: Roberto Cavalo, Didi Duarte, Paulo Campos e Hélio dos Anjos2007: Hélio dos Anjos, Paulo César Gusmão e Roberto Fernandes2008: Roberto Fernandes, Leandro Machado, Pintado e Roberto Fernandes2009: Roberto Fernandes, Edson Leivinha, Sérgio China, Waldemar Lemos, Márcio Bittencourt e Geninho2010: Guilherme Macuglia, Alexandre Gallo e Roberto Fernandes2011: Roberto Fernandes e Waldemar Lemos2012: Waldemar Lemos e Alexandre Gallo2013: Alexandre Gallo, Vagner Mancini, Silas Pereira, Zé Teodoro, Jorginho e Marcelo Martelotte2014: Lisca, Sidney Moraes e Dado Cavalcanti2015: Moacir Júnior, Lisca e Gilmar Dal Pozzo2016: Gilmar Dal Pozzo, Alexandre Gallo e Givanildo Oliveira2017: Dado Cavalcanti, Milton Cruz, Waldemar Lemos, Beto Campos e Roberto Fernandes2018: Roberto Fernandes e Márcio Goiano2019: Márcio Goiano e Gilmar Dal Pozzo2020: Gilmar Dal Pozzo

Do Super Esportes PE

PUBLICIDADE