Premiação extra em caso de título conquistado pelo Santa Cruz deve chegar a R$ 200 mil

PUBLICIDADE

Com o Santa Cruz a uma vitória simples de conquistar o 30º título pernambucano de sua história, o sexto na década (igualando os anos 1970) e o segundo de forma invicta (feito obtido apenas em 1932), os tricolores estão se mobilizando nos bastidores para aumentar a premiação a ser oferecida aos jogadores em caso de triunfo sobre o Salgueiro, nesta quarta-feira, no Arruda. 

Segundo apurou o Diario de Pernambuco junto a uma fonte ligada ao clube, além da premiação oferecida pela diretoria, e acertada com o elenco antes do início do Estadual, a expectativa é que se consiga junto a colaboradores mais R$ 200 mil para serem oferecidos aos atletas em caso de volta olímpica.


Desse valor, pouco mais da metade já está assegurado e tem como fonte o mesmo grupo de empresários que vêm ajudando o clube desde o início do ano de forma recorrente. Além disso, existe mais uma mobilização em curso com outros colaboradores. 


“Já temos R$ 100 mil acertados, mas existem várias outras pessoas se mobilizando. Uns ajudam com mais, outros com menos. Mas imagino que, ao todo, podemos chegar em uns R$ 200 mil de premiação para os atletas. Fora o valor que será pago pelo clube”, revelou a fonte ouvida pela reportagem.


Após o empate por 1 a 1 entre Santa Cruz e Salgueiro no primeiro jogo da decisão, no Cornélio de Barros, quem vencer a volta, no Arruda, fica com o título. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis. Até agora, em 11 jogos disputados no Estadual, o Santa acumula oito vitórias e três empates, um aproveitamento de 81,8%.

Do Super Esportes PE

PUBLICIDADE