Sport empata com o Confiança, mas resultados ajudam e clube está classificado para a próxima fase do Nordestão

PUBLICIDADE

Longe de apresentar um bom futebol, o Sport conseguiu avançar na Copa do Nordeste. Na noite desta quarta-feira, a equipe rubro-negra empatou em 1 a 1 com o Confiança. O gol do Leão saiu no segundo tempo, em um dos poucos lances de inspiração do ataque, onde Jonatan Gomez serviu o atacante Marquinhos para marcar. A defesa, no entanto, voltou a apresentar problemas no jogo aéreo e, aos 42 minutos, o time sofreu o empate com gol de Nirley.

Como o ABC perdeu para o CSA e o CRB perdeu para o Ceará, o Sport avançou de fase em 4º lugar e vai enfrentar o Fortaleza, líder do grupo A – nas quartas de final os duelos são entre times da mesma chave. A Liga do Nordeste ainda vai confirmar horário e local do jogo, que ocorre neste sábado. Além disso, com a classificação, a equipe rubro-negra vai embolsar R$ 300 mil.

O JOGO
O Sport teve quatro mudanças em relação ao time que perdeu para o Santa Cruz. No gol, Mailson foi acionado na vaga de Luan Polli por opção técnica. Na zaga, Adryelson voltou à titularidade no lugar de Chico e na esquerda Raul Prata foi escalado – Luciano testou positivo na contraprova para Covid-19 e foi afastado. Sem João Igor lesionado, Ronaldo assumiu a condição.

A partida começou truncada. Precisando do resultado em detrimento a um adversário em situação cômoda e satisfeito com o empate, o Sport teve mais a bola e espaço para trocar passes no próprio campo, mas sem conseguir envolver o rival. O começo foi truncado, com alguns erros no meio e muitas faltas.

Mas melhorou, especialmente com o Leão mais contundente, a partir dos 20 minutos, quando após troca de passes no campo ofensivo, Gomez recebeu boa bola em profundidade e entrou livre na área, mas hesitou na hora de chutar e acabou travado pelo goleiro do Confiança. Ocupando um pouco mais o setor de ataque, o Sport voltou a chegar com Barcia recebendo bom cruzamento de Patric e subindo sozinho, mas o uruguaio cabeceou alto demais.

E a pouca inspiração na hora de finalizar foi a tônica do time, no geral, na primeira etapa, que contou com um Hernane discreto e teve um Rafael, destaque no último domingo, bem menos efetivo. Em relação ao setor defensivo, a única chegada do Dragão saiu de um erro de Mailson na saída de bola, ocasionando em quatro atacantes contra três defensores, mas o goleiro se redimiu e fez um milagre ao defender chute à queima-roupa na pequena área, aos 30 minutos.

SEGUNDO TEMPO
O Sport voltou para a etapa complementar sem mudanças e tendo um pouco mais de dificuldades, uma vez que o Confiança começou marcando em cima, no campo de defesa rubro-negro, diferentemente do primeiro tempo. Apesar disso, o cenário do que vinha sendo o jogo pouco mudou.

Tentando dar novo gás, Daniel Paulista fez duas mudanças: entraram Marquinhos e Betinho nas vagas de Rafael e Ronaldo. E a troca entre volantes deu um pouco mais de fluidez no meio de campo, além de que, com a alteração na frente, Barcia foi deslocado para a ponta direito – e foi dali que saíram algumas jogadas, entre cruzamentos perigosos de Patric e do uruguaio, mas sem ninguém conseguir completar. Até o lance ser carimbado por Gomez, num lapso de qualidade..

Em escapada pelo setor aos 29 minutos, Gomez fez bela jogada individual com direito a drible da vaca, entrando cara-a-cara com Rafael Santos, mas ele não foi egoísta e só serviu Marquinhos, que com a barra escancarada, abriu o placar para o Leão. Em seguida, novas mudanças no Leão, com Ronaldo e Bruninho sendo acionados nos lugares de Hernane e Gomez. Com o placar favorável a equipe rubro-negra viu o Dragão ir para cima, já que passou a precisar do resultado – e sofreu o empate no fim. Aos 42 minutos, em cochilo da defesa leonina, Nirley completou escanteio e deixou tudo igual. Apesar disso, como os outros jogos ajudaram, o Sport avançou ao mata-mata.

FICHA DO JOGO
Sport
Mailson; Patric, Maidana, Adryelson, Raul Prata; Willian Farias, Ronaldo (Betinho), Jonatan Gomez (Bruninho); Leandro Barcia (Mugni), Hernane (Ronaldo) e Rafael (Marquinhos). Técnico: Daniel Paulista

Confiança
Rafael Santos; Thiago Ennes, Nirley, Matheus Mancini, Silva; Jeferson Lima, Amaral, Moritz (Renan Gorne); Ari (Marcelinho), Reis (Danilo Pires) e Ítalo (Everton). Técnico: Matheus Costa

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa-PI
Assistentes: Márcio Iglésias Araújo Silva-PI e Janystony Rabelo de Melo-PI
Gols: Marquinhos (SPO); Nirley (CON)
Cartões amarelos: Ronaldo (SPO); Amaral (CON)
Cartões vermelhos:

DO SUPER ESPORTES PE

PUBLICIDADE