Ações de marketing arrecadam mais de R$ 50 mil e Santa Cruz encontra via para driblar crise

PUBLICIDADE

Nesta crise provocada pelo novo coronavírus, o marketing do Santa Cruz transformou-se em uma peça chave para minimizar os impactos financeiros da pandemia. Encabeçando campanhas com apoio da torcida para driblar as dificuldades e honrar com o salário dos funcionários, o Tricolor conseguiu embolsar, até agora, mais de R$ 50 mil. Uma alternativa que vem dando mais que certo.

O primeiro projeto aconteceu ainda no início da pandemia: a confecção de máscaras personalizadas do Santa Cruz. Com produção contínua e sucesso na comercialização, mais de R$ 20 mil foram amealhados no primeiro lançamento e a segunda edição do produto já está à venda para a torcida adquirir.

Logo depois, o departamento de marketing abriu uma bilheteria virtual para reviver a experiência de inauguração do Arruda, no amistoso contra o Flamengo, em junho de 1972. Na campanha, o Santa Cruz garantiu mais R$ 17 mil.

E, agora, a Cobra Coral lançou mais duas campanhas: a venda de ingressos solidários para a reprise do jogo do acesso à Série A, contra a Portuguesa, em 2005. À parte, também disponibilizou a venda para o jogo do acesso à Série B contra o Betim, em 2013, mas apenas o duelo contra a Lusa será transmitido pela Rede Globo, no próximo domingo (31).

O vice presidente de marketing do Tricolor do Arruda, Guilherme Leite, à Rádio Clube, do Diario de Pernambuco, agradeceu o apoio da torcida do Santa Cruz em entender o momento de dificuldade. Além disso, o dirigente tricolor adiantou que outras ações estão sendo pensadas e nos próximos meses serão divulgadas.

“A gente espera, com outros projetos que planejamos, fazer o máximo para deixar todas as folhas em dia. As máscaras ajudaram bastante, vendemos mais de 2.500 kits. Juntando com o dinheiro dos sócios e com a ação do estádio lotado, esperamos chegar próximo de quitar os vencimentos. Estamos preparando um projeto novo, que o torcedor vai gostar, atrelado a alguns lançamentos. Isso vai acontecer do meio para o final de junho, porque tem o tempo de produção”, revelou Guilherme Leite.
Receitas garantidas
Jogo virtual de inauguração do Arruda – R$ 17.276,60
Venda das máscaras personalizadas – R$ 20.658,07
Jogo virtual (Santa Cruz x Betim/MG) – 4.692,00*
Jogo virtual (Santa Cruz x Portuguesa/SP) – R$ 9.936,00*
*Ações em andamento

DO SUPER ESPORTES PE

PUBLICIDADE